Uma das coisas que eu acho mais preciosas na narrativa de um slice of life é como fazer o público ter empatia e se identificar com os personagens. E a facilidade de me sentir representado acaba fazendo com que esse seja um dos meus estilos…